Pages

Jul 5, 2012

Umas quantas verdades


Tenho pena de, muitas das vezes, não ter a coragem certa para exprimir aquilo que sinto. É frustrante e revolta-me não ser capaz o suficiente para dizer aquilo que sinto no momento. Pensava que a fase do "ele disse que disse" ou a fase da falsidade da adolescência de algumas pessoas já era. Disse bem "pensava", porque na realidade isso não se verifica. É triste existir pessoas que só se sentem bem a criar discussões, envolverem-me em escândalos ou darem-se comigo apenas por puro interesse. Porém, eu parvo vou sempre na mesma cantiga e no fim recebo como troca uma facada bem forte nas costas. Não sei como é que eu nunca aprendo.  Anda tudo doido, ninguém quer saber dos sentimentos de ninguém muito menos da sua própria palavra. Só querem saber do seu próprio interesse, de uma vida de aparências e do dinheiro que não lhes sai da cabeça. Cada vez mais as pessoas têm várias caras: umas com segredos bem ocultos, outras demonstram ser inocentes mas no fim são todas resultado do mesmo veneno e, também há aquelas que ao viverem das aparências são tipo os camaleões adaptam-se ao meio em que vivem e têm os amigos certos na altura que lhes convém. E, por agora, as palavras são a única forma que eu tenho para exteriorizar aquilo que sinto, não é que seja algum cobarde ou coisa do género, só que quando abrir a boca há muita gente que vai ouvir aquilo que não quer ouvir e engolir em seco tudo aquilo que disse. A vida encarrega-se de fazer justiça com as suas próprias mãos apenas é uma questão de tempo.  


6 comments:

  1. Bem, estás mesmo frustrado João.. tem calma, a seu tempo conhecerás cada vez o melhor e o pior de cada um... mas tens que manter a esperança e acreditar que ainda existem pessoas decentes por aí! :)Ainda assim, não posso deixar de lamentar aquilo por que tens passado..

    ReplyDelete
  2. Não te aborreças com isso
    As pessoas são mesmo assim, algumas sem maldade em nada, outras umas autênticas cobras, cheias de interesses descabidos e fúteis, eu sei bem disso, mas vá, o mundo roda, um dia são elas as lesadas, talvez assim aprendam... O que eu aprendi com o tempo foi isso mesmo, não vale a pena nos chatearmos! A lenga-lenga do "cá se fazem, cá se pagam" é bem verdade

    Kiss kiss.*Jo
    http://joandcompanystyle.blogspot.com/

    ReplyDelete
  3. you are handsome!
    kisses
    fran

    showroomdegarde.blogspot.com

    ReplyDelete
  4. Como disse a Joana no outro comentário, não te aborreças, ou melhor, vê isso como uma lição de vida e não te deixes ir abaixo. Se há pessoas que só se querem dar contigo por interesse, há muitas outras que gostam de ti pelo que realmente és :)
    Posso dizer-te que também já passei por isso, muitas vezes deixo que se "aproveitem" de mim, talvez por ingenuidade, nao sei... mas já aprendi a não deixar que isso acontença :) espero que também consigas **

    beijinho

    ReplyDelete
  5. Infelizmente isto acontece cada vez mais.Segue em frente e não guardes para ti,tens que dizer que sabes muito bem o que se passa.Depois disso ignora,sei que custa acreditar que as pessoas descem tão baixo só para conseguirem algo.Que acham mais fácil fingir,manipular do que chegar perto de ti e dizerem o que precisam ou querem,mas vivemos numa sociedade onde nem tudo se aproveita,onde muita fruta podre circula pela rua.
    Bjs

    ReplyDelete

Copyright @ The Glam Life Diary. Blog Design by KotrynaBassDesign