Pages

Jan 3, 2013

Doce Ignorância

O amor tem uma coisa de ingrato quando gostamos realmente de alguém damos o melhor de nós, vestimos a nossa melhor roupa, ficamos acordados até tarde à espera da mensagem da pessoa de quem gostamos, até fazemos um esforço para termos o quarto e a casa limpos. Somos uns queridos nas mensagens, respeitamos a outra pessoa até ao limite máximo e achamos sempre que, por vezes, quando as coisas não correm como realmente esperamos a culpa é inteiramente nossa. Temos o cuidado de ter a barba feita, o cabelo arranjado e tornamo-nos mais organizados. O amor faz-nos mudar tantas vezes para melhor como para pior. Deixa-nos frágeis como uma folha de papel, há até quem deixe de ser quem é e passe a ser um condenado à cegueira que o amor nos consegue causar. Somos capazes de perder a nossa integridade pessoal e respeito, apenas porque sim! Ficamos cegos e iludidos por alguém que cá no fundo não era capaz de viajar até ao outro lado do mundo por nós como nós eramos. Amor mútuo é fundamental e imprescindível. Pensava eu que tinha finalmente encontrado o amor da minha vida quando meses depois apercebi-me de que aquilo que dava não recebia em troca. Tornei-me obcecado e até ponderei largar a faculdade onde estava por essa pessoa. Contava as horas do dia e para onde eu olhava lá estava ela. O amor consegue fazer de nós melhores pessoas mas também consegue fechar o nosso coração a sete chaves. A questão é: " Será que vale a pena perder a nossa integridade em troca de amar alguém?"



4 comments:

  1. pois, realmente o amor muda-nos muito e somos capazes de fazer coisas pela outra pessoa quase sem pensar nas consequências!! mas lá está,apesar de termos de nos moldar à outra pessoa, isso não é razão para deixarmos de ser quem somos :) Se não estavas feliz, fizeste bem! Desejo-te o melhor João, a sério!

    beijinho

    ReplyDelete
  2. No meu modesto entender, não devemos, tornarmos-nos escravos de outrem, seja em que circunstâncias for. Nem abdicar daquilo que somos em prol do outro. O ideal seria, aceitarmos-nos mutuamente, naquilo que somos. E simplesmente amar, porque ninguém pede para gostar de alguém. Em relação a certas coisas é preferível permanecer na ignorância...

    ReplyDelete
  3. la camiseta es fantastica

    miblogbyamo.blogspot.com

    ReplyDelete
  4. i love the tshirt
    fran

    NEW LOOK: STRIPES AND CAREY
    http://www.showroomdegarde.blogspot.com.es/2013/01/stripes-in-beautiful-winter-day.html

    ReplyDelete

Copyright @ The Glam Life Diary. Blog Design by KotrynaBassDesign