Pages

Apr 25, 2013

Amores (in)finitos



O problema dos grandes amores é que nunca se vão embora e tornam-se nas maiores sombras das nossas vidas. Eles ficarão sempre em cima de nós e, ao mesmo tempo, é como se não estivessem cá. Perseguem-nos como que sanguessugas de corações partidos, destróiem-nos e corróiem-nos cada parte do nosso coração infinitamente. É um peso que teremos de carregar até à nossa morte, é uma dúvida que se apodera dentro de nós até ao fim dos nossos miseráveis dias. É assim como eu defino o fim do nosso amor, tudo por culpa de nós os dois que não soubemos valorizar os laços que nutríamos um pelo outro. Tudo pela distância que até agora foi o principal motor de arranque de tudo. Pensava eu que a distância não era razão de separação numa relação de alguém, enganei-me. Não culpo a distância pelo nosso fim, culpo-te sim a ti por culpares os milhares de kilómetros que nos separam por terem destruído o que existiu entre nós. Sabes porquê? Quem ama, fica até ao fim e não desiste à mínima adversidade. Lembra-te que quando voltares eu cá (talvez) não estarei cá e, aí sim vais culpar-te a ti próprio por teres perdido para sempre a tal pessoa que só se encontra uma ou duas vezes numa vida inteira, a tal pessoa que fez as malas e contra tudo e todos voou até ao outro lado do mundo de bagagens na mão só para poder ver-te. 



1 comment:

  1. you're so lovely guy!
    i have a new look

    NEW LOOK: A WALK IN THE PARK- SPRING OUTFIT
    http://showroomdegarde.blogspot.com.es/2013/04/a-walk-in-park.html

    ReplyDelete

Copyright @ The Glam Life Diary. Blog Design by KotrynaBassDesign